Curiosidades – O futuro será muito mais chuvoso do que imaginávamos.

19.06.2017 | em atualidades

chuva

Será que vai chover?

A pergunta pode até ter cara de conversa de elevador, mas é uma grande questão para a ciência – a meteorologia está aí e não nos deixa mentir. Porém, mais do que para nos lembrar de pegar o guarda-chuva ou deixar as sandálias em casa, a previsão do tempo também é fundamental para antecipar problemas climáticos. Saber a quantidade de chuva que vai cair em certa região nos próximos anos é um dado importante – principalmente para ações de combate ao aquecimento global.

Para essas previsões, os cientistas criam modelos climáticos complexos. Os métodos consideram fatores como a quantidade e o movimento das nuvens, temperatura, clima e relevo. O problema é que nossas últimas análises a longo prazo podem estar ignorando um fator importante: a diminuição do número de nuvens de alta altitude nas regiões tropicais, causada pelo aquecimento global. É o que aponta um novo estudo conduzido por pesquisadores da Nasa, e publicado na revista Nature Communications.

A relação entre nuvens e chuva parece ser acumulativa: quanto mais delas vemos no céu, mais chance de cair água. Em termos globais, no entanto, a lógica pode ser diferente – sobretudo se estivermos falando de nuvens de alta altitude. Tudo por conta da função que essas nuvens possuem: elas atuam como uma espécie de barreira para o calor, aprisionando os ventos quentes na atmosfera. Com um menor número de nuvens de alta altitude, como observado pelos cientistas, a temperatura lá de cima tende a se tornar mais baixa.

O aquecimento global interfere diretamente nas mudanças climáticas da terra. Consequentemente, ela é a responsável pelas inúmeras catástrofes que andam acontecendo no mundo.

Fonte: http://super.abril.com.br/ciencia/leve-um-casaquinho-o-futuro-sera-muito-mais-chuvoso-do-que-imaginavamos/

 

Deixe seu comentário!