Cuidados com consumo de bebidas e alimentos durante o Carnaval.

29.01.2016 | em atualidades

carnaval

A Vigilância Sanitária Municipal orienta foliões para o consumo de alimentos durante do Carnaval. Durante toda a semana, em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo, a Vigilância do município realizou um trabalho de conscientização em escolas e locais de concentração de turistas, como hotéis, pousadas, aeroporto e rodoviária, para orientar o consumo adequado de alimentos e bebidas durante o Carnaval. Os vendedores ambulantes também foram capacitados em cursos realizados em parceria com as secretarias municipais de Saúde, Segurança Alimentar, Turismo e Urbanização e Habitação.

Mesmo com todo esse trabalho de conscientização, o coordenador interino de Vigilância Sanitária, Fernando Gandra, afirma que os consumidores precisam estar atentos para evitar contaminações durante o consumo de alimentos no Carnaval. “Nós orientamos todos os vendedores ambulantes cadastrados a manipular corretamente bebidas e alimentos para evitar contaminação, mas o consumidor deve observar se essas orientações estão sendo cumpridas. A primeira coisa a observar é se o vendedor está usando fardamento completo, com touca, blusa de manga comprida de cor clara, calça comprida ou saia abaixo do joelho, avental e calçado fechado”, orienta.

Fernando Gandra também ressalta que os vendedores não devem utilizar adornos, tais quais brincos, anéis, pulseiras ou unhas pintadas, pois eles facilitam a proliferação de microorganismos que podem contaminar os alimentos.

Alimentos – Quanto à conservação dos alimentos, o coordenador interino de Vigilância Sanitária explica que os consumidores devem observar o acondicionamento das comidas, que devem ser armazenadas em depósitos plásticos com tampa, pois assim estarão menos propensas à contaminação. “No caso de cachorro-quente, por exemplo, a salsicha ou a carne devem estar sempre no fogo ligado, assim como o churrasquinho, que sempre deve sair da chapa direto para o consumo. Aliás, o consumidor também precisa ficar atento aos espetinhos utilizados. Nunca consuma churrasquinhos em espetos caseiros (feitos em bambu) ou que tenha o aspecto que já foi utilizado”, destaca.

Alimentos já prontos e expostos, além de molhos como catchup, maionese ou mostarda devem ser evitados. Nesse último caso, os molhos só devem ser consumidos se estiverem em embalagens invioláveis, tais como saches. “O consumidor não deve consumir esses molhos quando eles estiverem em bisnagas, pois, além do risco de contaminação, eles podem ser adulterados”, alerta Fernando Gandra.

Em relação às bebidas que serão consumidas durante o Carnaval, o coordenador de Vigilância Sanitária ressalta que sucos, batidas e outros drinks só devem ser consumidos com gelo em cubos vasados e rotulados. “Esse é o gelo adequado para o consumo, pois foi feito com água filtrada. O gelo em barra ou escamado só deve ser usado para acondicionar água, garrafas pet e latinhas de cerveja e refrigerante, pois estão fechadas. O consumidor também deve observar as condições do isopor antes de comprar as bebidas”, finaliza.

Portanto, todo cuidado é pouco neste período do ano. Não há ninguém melhor para cuidar de sua saúde do que você mesmo. Fique alerta!

Fonte: http://elo.com.br/portal/noticias/ver/172851/cuidados-com-consumo-de-bebidas-e-alimentos-durante-o-carnaval.html; fonte foto: www.abrabe.org.br

 

 

Deixe seu comentário!