Crossfit – superando limites.

23.02.2016 | em atualidades

crosscross1cross2cross3

 

Esta modalidade de treinamento – Crossfit, nasceu como uma empresa fundada por Greg Glassman e pela sua ex-mulher Lauren Glassman, por volta do ano 2000 nos EUA. Dada a sua crescente popularidade no mundo do fitness, este movimento (também conhecido por cross training) tornou-se numa abordagem ao treino físico um pouco diferente daquela que a maioria das pessoas está habituada a fazer.

O CrossFit consiste num programa funcional de força e condicionamento, que tem como finalidade melhorar a capacidade física de qualquer pessoa, através da realização de exercícios com o peso corporal e da combinação de vários exercícios como sprintar, remar, saltar à corda, subir à corda, virar pneus, levantar pesos e carregar objetos pesados. O tipo de equipamento utilizado é muito variado e pode incluir barras para levantamento olímpico, halteres, anéis de ginástica, barras para elevações, kettlebells, bolas medicinais e caixas para treinar saltos. Os treinos são geralmente são mais curtos e com bastante intensidade.

O CrossFit tem feito parte do programa de treino físico de bombeiros, academias de polícia, Marinha Americana, Exército, SWAT, além da população em geral. A grande vantagem é ser um treino acessível para todos, independente de idade, gênero ou condição física. É uma mistura de ginástica, levantamento de peso e atletismo.

O CrossFit é baseado em uma metodologia programada onde o Coach (Professor) consegue introduzir indivíduos sedentários a realizar movimentos mais complexos de força e condicionamento. Um exemplo disso é sua programação de treinamento que passa por:

1- Aquecimento inicial – com alongamentos, movimentos articulares específicos para o dia, liberação das articulações, promovendo ao corpo do indivíduo um maior preparo para os exercícios a serem executados no dia (Mobility). Além de utilizarem exercícios frequentes de fortalecimento do Core (centro de estabilização da coluna)

2- Skill – onde os professores ensinam passo a passo os movimentos que fazem parte do exercício a ser executado no Wod.

3- Wod – é a parte final de treinamento, onde são realizados os exercícios do dia. Sendo que os alunos iniciantes passam por “wods adaptados”, se pudermos chamar assim, promovendo a eles mais um período de adaptação e aprendizado, diminuído significativamente o risco de lesões.

Fica claro que assim como qualquer esporte o CrossFit possui um risco de lesão, porém fica mais evidente a segurança do mesmo. Por isso a necessidade de praticar este tipo de treino com profissional gabaritado para evitar problemas a sua saúde e lesões.

Foi verificado através desse período acompanhando o esporte, que quando bem executado e com profissionais qualificados só trará benefícios ao aluno, melhorando significativamente sua capacidade funcional e conseguindo além disso prevenir lesões futuras em outros esportes ou até mesmo nas suas AVd´s.

Vale ressaltar que para ser praticado é necessário procurar um cardiologista, para exames de rotina e passar por uma avaliação de um Fisioterapeuta, para assim realizar os exercícios com mais segurança.

Fonte: www.osteopariabauru.com.br; http://bymarina.com.b/crossfit-a-visao-de-um-fisioterapeuta-diante-essa-nova-modalidade-de-treinamento/;   www.crisvallias.com.br

 

Deixe seu comentário!